Por algo que muitas mulheres fazem por vaidade, ela ficou assim para sempre. Veja:

24/11/2017 | Dicas




Essa é uma história que nos convida a refletir e tentar perceber se vale a pena arriscar a vida para ficar mais bonita.




Linda Perez, de 18 anos, uma cubana que vive em Miami, ficou em coma depois que teve complicações numa cirurgia para colocação de implante de silicone nos seios.




Ela sofreu grave dano cerebral e, apesar dos médicos terem sido partidários de desconectar a jovem do respirador artificial, seus pais Mariela Díaz e Fernando Izquierdo se negaram.




A jovem mãe de uma criança de 4 anos saiu do coma e hoje vive com muitas sequelas e o apoio dos pais.




Depois de terem regressado à localidade de Homestead, ao sul de Miami, os pais estão enfrentando a dura realidade de sua filha.




A jovem, que já começou a comer, quase não consegue falare depende de seus pais e da ajuda de uma enfermeira na maior parte do tempo.




Os pais de Linda estão metidos numa luta na justiça contra a clínica onde Linda foi operada







O caso de Linda Perez virou notícia quando a família da jovem denunciou na justiça a clínica na Flórida, onde realizaram a operação para aumentar os seios.




Linda permaneceu dois meses em coma, o que lhe provocou graves danos cerebrais.




Da clínica de onde estava, ela foi levada de urgências a um hospital de Miami quando os seus sinais vitais começaram a falhar na mesa de operação.







A jovem de 18 anos mal consegue pronunciar uma ou duas palavras e não é capaz de caminhar. Os médicos não acreditam que ela volte a ser a mesma.




Agora uma enfermeira cuida de Linda 24 horas por dia e ela consegue dizer umas poucos palavras, como “sim”, “não” e “me dói”. A mãe de Linda Perez não perde a esperança de sua filha se recuperar.







O anestesista que preparou a jovem para a operação nos seios já tinha sido indiciado uma vez por negligência médica pela morte de uma paciente de 35 anos, que tinha se submetido a uma operação de aumento dos glúteos na clínica Strax de Lauderhill.




Hoje, Linda Perez tem 21 anos e recuperou algumas das faculdades perdidas desde o trágico procedimento.







Ganhou peso, já consegue falar e melhorou a mobilidade, tudo, em grande medida, graças à dedicação e ao amor de sua mãe.




A maioria das histórias com final trágico de mulheres que queriam colocar silicone nos seios são realizadas em clínicas que fazem as operações a um custo mais barato.




Por isso, se você está pensando em colocar, é bom pesquisar o histórico médico tanto das pessoas que vão fazer a operação – médicos e anestesistas – como da clínica.




 



Deixe seu comentário, dúvida, sugestão e elogio: